Bottas bate Vettel por 0,042s e conquista pole para o GP da Áustria


Valtteri Bottas surpreendeu a todos neste sabádo (08) em Red Bull Ring e conquistou a pole position para o GP da Áustria batendo Sebastian Vettel por apenas 0,042s . O finlandês que agora chega a sua segunda pole nesta temporada e também a segunda na carreira.

Entretanto a dúvida que fica era se Vettel poderia bater o tempo de Bottas, ou o finlandês poderia baixar mais ainda sua própria marca pois na última tentativa de ambos os pilotos , eles se depararam com uma bandeira amarela e com isso tiveram que aborta suas voltas e voltar para os boxes ficando com o resultado de suas primeiras tentativas.

Lewis Hamilton que fez uma volta voadora no Q2 de pneu super-macio, o qual irá largar amanhã, fez apenas o terceiro melhor tempo , porém como ele tem uma punição para o grid de amanhã, irá largar na oitava colocação com isso Kimi Raikkonen que fez o quarto melhor tempo largará na terceira colocação.

Daniel Ricciardo e Max Verstappen ambos da equipe Red Bull ficaram com o quinto e sexto tempo, entretanto no final o jovem piloto holandês acabou escapando com o carro e foi parar na brita quase batendo na barreira de pneus.

O sétimo melhor tempo da sessão ficou com Romain Grosjean que em todos os treinos livres havia sido superado por seu companheiro de equipe Kevin Magnussen conseguiu se recuperar e ter um excelente desempenho, porém no final do Q3 ele teve problema de caixa câmbio e acabou causando uma bandeirada amarela. Magnussen que acabou quebrando sua suspensão ainda no Q1 quando tinha o oitavo melhor tempo acabou ficando à mercê de outros pilotos que acabaram lhe superando.

A dupla da Force India novamente este no top 10 com Sergio Perez fazendo o oitavo tempo e Esteban Ocon fazer o nono tempo com uma diferença de menos de 0,080s. 

A última posição do top 10 ficou com Carlos Sainz Jr da Toro Rosso que passou o treino classificatório inteiro mostrando um grande ritmo. 

As Mclaren tiveram que se contentar com o décimo segundo de Fernando Alonso e décimo terceiro de Stoffel Vandoorne, mas o que da esperança de ambos conseguirem melhorar amanhã é que eles não passaram para o Q3 por poucos décimos, no caso de Alonso foi questão de milésimos.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário