OFICIAL: Monisha Kaltenborn não é mais chefe da equipe Sauber


E nesta quarta-feira (21) , a Sauber oficializou a demissão de Monisha Kaltenborn do comando da equipe, 12 horas mais tarde após a revista  'AutoSport' ter revelado tal fato. Pascal Picci , presidente do conselho de administração fez uma breve declaração dizendo que os 'pontos de vista' de ambos sobre o futuro da equipe não se correlacionam. 

"A Longbow Finance SA lamenta anunciar que, por consentimento mútuo e devido a opiniões divergentes sobre o futuro da empresa, Monisha Kaltenborn deixará sua posição no Grupo Sauber imediatamente. Agradecemos ela por todos esses anos de liderança firme e grande paixão pelo Sauber. Desejamos-lhe o melhor para o futuro. Seu sucessor será anunciado em breve; Entretanto, desejamos a equipe boa sorte no Azerbaijão " - disse Picci no comunicado.

De acordo com a 'Autosport', a saída de Kaltenborn deve-se ao fato que ela não estaria concordando com o tratamento desigual entre Ericsson e Wehrlein, pois entendesse que os novos donos da equipe gostariam que o piloto sueco fosse o número e tivesse prioridade sobre o pupilo da Mercedes, pratica a qual Kaltenborn não concordou. O jovem alemão, Wehrlein foi quem conquistou no GP da Espanha os primeiros pontos da equipe no campeonato até o momento.  

Kaltenborn, de 46 anos, assumiu o comando da equipe Sauber em 2012 substituindo o fundador da equipe , Peter Sauber. Além disso ela foi a primeira mulher a comandar uma equipe de F1. 

O possível nome que está sendo discutido para assumir o lugar de Kaltenborn na Sauber, é o de Collin Koles , que foi diretor da extinta equipe de F1, Hispania Racing Team. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário