De ponta a ponta Hamilton vence pela sexta vez o GP do Canadá e Stroll marca seus primeiros pontos na F1



E como era esperado o inglês, Lewis Hamilton que largou na pole position venceu o GP do Canadá de ponta a ponta e sem qualquer ameaça. Hamilton que teve o fim de semana perfeito, pois após se igualar ontem ao seu ídolo Ayrton Senna em número de pole position, hoje viu seu grande rival no campeonato , Sebastian Vettel, ter tido uma largada ruim e ainda teve a sua asa dianteira danificada provocando assim uma queda em seu rendimento nas primeiras voltas e o obrigando a mudar de estratégia que era de apenas 1 parada para 2 parada, com isso o piloto da Mercedes que conquistou a sua vitória número 56 e venceu pela sexta vez o GP do Canadá, diminuiu a vantagem de Sebastian Vettel no campeonato de pilotos que era de 25 pontos e agora cai para 12 pontos. 

Se em Mônaco a Mercedes viu a Ferrari dominar a corrida com seus dois carros hoje foi a vez dos italianos assistirem ao domínio dos alemães , isso porque Valtteri Bottas que largou na terceira colocação viu Max Verstappen que vinha na segunda posição ter problemas no motor e com isso ele herdou o segundo lugar e dali permaneceu até a bandeirada.

O terceiro lugar ficou com Daniel Ricciardo que passou grande parte da corrida segurando a dupla da Force India e se aproveitou quando Sebastian Vettel no final que vinha fazendo uma bela corrida de recuperação partiu para cima de Esteban Ocon e Sergio Perez ambos da Force India e levou a melhor porém até supera-los , Ricciardo conseguiu abrir uma pequena vantagem mas terminou a corrida à 0,7s do alemão que naquele momento era disparado o carro mais rápido da pista devido ao carro estar mais leve além de estar com os pneus ultra-macios. 

Sergio Perez e Esteban Ocon foram um dos protagonistas da corrida pois desta vez os dois entraram numa disputa direta por posição, o piloto francês que realmente estava mais rápido que seu companheiro várias vezes disse no rádio que se Perez lhe desce passagem ele poderia ultrapassar Ricciardo e assumir o terceiro lugar, porém nada disso aconteceu e assim acabaram perdendo suas posições para Vettel no final, mas  Ocon não desistiu e foi até a bandeirada duelando com Perez mas não conseguiu supera-lo, ambos que terminaram a corrida com uma diferença de apenas 0,3s. 

Kimi Raikkonen que largou na quarta colocação também fez duas paradas como seu companheiro de equipe, mas nas voltas finais quando ocupava a sexta colocação e vinha à frente de Vettel acabou tendo problemas nos freios traseiros fazendo assim com que ele tirasse o pé obrigatoriamente para poder terminar a corrida, no entanto conseguiu cruzar a linha de chegada na sétima colocação seguido de Nico Hulkenberg da Renault. 

A grande surpresa da corrida de fato foi o piloto da 'casa', Lance Stroll que pela primeira vez nesta temporada fez uma grande corrida sem lambanças , ultrapassou diversos e terminou a corrida num excelente nono lugar, marcando assim seus primeiros pontos na categoria. Felipe Massa companheiro de Stroll na Williams, teve que abandonar a corrida ainda na primeira volta após ter sido atingido violentamente por Carlos Sainz Jr, que estava sem controle devido ao toque que teve com Romain Grosjean, por sorte com o carro do francês não houve grandes danos o que vez com que ele permanecesse na pista e terminasse a corrida na décima colocação. 

Outros pilotos que não completaram a prova foram Fernando Alonso, como virou costume e Daniil Kvyat, porém exaltamos o abandono do espanhol que para a torcida foi magnífico, pois após descer do carro ele simplesmente foi para o meio da arquibancada com os torcedores e de la jogou suas luvas para eles. Alonso que quando abandonou a corrida ocupava o décimo lugar e tinha tudo para conquistar seu primeiro ponto e da equipe nesta temporada. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário