Vettel domina terceiro treino livre em Mônaco e se torna o grande favorito para pole position



E o alemão Sebastian Vettel que tinha feito na quinta-feira (25) termino o dia com o melhor tempo do circuito e do dia, novamente voltou a dominar a sessão de treinos livres sem problema algum, logo atrás com o segundo tempo tivemos Kimi Raikkonen da Ferrari também, mostrando que a equipe italiana tem boas chances de conseguir garantir a primeira fila para si, entretanto a diferença de Vettel para Raikkonen foi de 0,3s. 

O terceiro melhor tempo ficou com Valtteri Bottas que ficou à 0,4s do melhor tempo enquanto seu companheiro de equipe Lewis Hamilton ficou com o quinto tempo à quase 1s atrás do melhor tempo, o que mostra que pela primeira vez desde 2014 as Mercedes podem não brigar pela primeira fila em Mônaco. 

A dupla da Red Bull também parece não ter tanta força como se esperava, já que Max Verstappen que fez o quarto tempo ficou a 0,5s do tempo feito por Vettel enquanto Daniel Ricciardo ficou praticamente 1s , o australiano que acabou terminando seu treino antecipadamente por problemas de freios.  

A equipe satélite da Red Bull, a Toro Rosso, novamente figurou com seus dois carros no top 10 e não tão distantes dos carros à frente, Carlos Sainz Jr que marcou o sétimo tempo ficou a menos 0,1s de bater Ricciardo , enquanto seu companheiro de equipe Daniil Kvyat ficou um pouquinho mais distante, com os tempos bem próximos dos carros da frente a dupla da Toro Rosso pode conseguir neste sábado largar em uma boa posição.

Os dois últimos do top 10, foram Kevin Magnussen da Haas e Stoffel Vandoorne da Mclaren .

Jenson Button que fez o décimo segundo tempo acabou tendo que trocar algumas peças do motor, MGU-H e o Turbo, e com isso receberá uma penalidade 15 posições para o grid de amanhã. 

As Williams voltaram novamente a ficar longe do top 10, com Felipe Massa fazendo o décimo quarto tempo e Lance Stroll fazendo o décimo sétimo tempo, porém desta vez o piloto canadense conseguiu completar a sessão sem acidentes.

Se na quinta-feira (25) Stroll tinha sido o primeiro a bater no circuito de Mônaco, hoje foi a vez do jovem piloto da Force India, Esteban Ocon, que faltando apenas dez minutos para o fim da sessão acabou fazendo a curva da saída da piscina muito fechada e com tocou com o pneu dianteiro direito no guard-rail o que fez com que sua suspensão quebrasse e batesse de frente em outro guard-rail acidente bem parecido com o de Verstappen em 2016 durante o treino classificatório. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário