Raikkonen é pole position em Mônaco e Hamilton faz apenas o décimo quarto tempo


E neste sábado Kimi Raikkonen quebrou um jejum de pole position que vinha desde o GP da França de 2008, onde marcou com a Ferrari a sua última pole position na categoria, porém o finlandês fez uma classificação que ninguém imagina e garantiu a primeira posição para a largada do GP de Mônaco.

Sebastian Vettel que tentou até o último instante bater seu companheiro de equipe teve que se contentar com o segundo melhor tempo, entretanto a diferença de Raikkonen para ele foi de apenas 0,043s. Com este resultado a Ferrari tem grande possibilidades de voltar a vencer em Mônaco, algo que não acontece desde 2001.

A Mercedes não teve uma sessão muito boa, isso porque Lewis Hamilton fez apenas o décimo quarto tempo, o inglês que muitas vezes na sessão disse a equipe que o carro tinha problema e de fato tinha pois por duas vezes ele quase chegou a bater , entretanto quando vinha na sua tentativa que era uma volta para coloca-lo no Q3, ele acabou se deparando com Stoffel Vandoorne que bateu nos segundos finais no setor da Piscina o que fez com que Lewis abortasse sua volta. Valtteri Bottas por outro lado foi o salvador da pátria para Mercedes, pois mesmo sabendo que não tinha um carro tão bom quanto o da Ferrari ele conseguiu fazer um volta sensacional e ficar apenas 0,045s do tempo de seu compatriota, e por apenas 0,002s não conseguiu superar Vettel e garantir um lugar na primeira fila.


Outra equipe que também ficou frustrada com seu desempenho na classificação foi a Red Bull que marcou o quarto tempo com Max Verstappen e o quinto com Daniel Ricciardo, mas o que chamou a atenção entre os dois foi que enquanto o jovem holandês ficou à cerca de 0,3s da pole, Ricciardo ficou quase 1s, porém para a corrida as coisas podem mudar e quem sabe a Red Bull consiga lutar pelo vitória. 

O sexto melhor tempo ficou com Carlos Saiz Jr que conseguiu ter uma grande melhora, por outro lado seu companheiro de equipe Daniil Kvyat que sempre esteve entre os 10 primeiros não teve tanto sorte com o tráfego na pista e acabou ficando no Q2 com o décimo primeiro lugar. 

Sergio Perez e Romain Grosjean ficaram com o sétimo e oitavo tempo. 

As duas últimas posições do top 10 ficaram com as Mclarens, com Jenson Button em nono e Stoffel Vandoorne em décimo, entretanto ambos vão perder posições no grid, Button por causa da troca de certas peças do motor o que resultou numa penalidade com perda de 15 posições para o grid de largada, e Vandoorne perderá 3 posições no grid devido ao acidente que ele teve com Felipe Massa no GP da Espanha. Com isso todos os pilotos que estão atrás da dupla da Mclaren ganharam ao menos uma posição no grid de largada. 

O brasileiro Felipe Massa conseguiu fazer apenas o décimo quinto tempo enquanto Lance Stroll ficou com o décimo oitavo. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário