Mercedes domina sexta-feira em Barcelona



Com novidades no carro Mercedes dominou tranquilamente a primeira sessão de treinos livres em Barcelona, com Lewis Hamilton marcando o primeiro melhor tempo e Valtteri Bottas ficando logo atrás por apenas 0,029s de diferença.

Enquanto isso a Ferrari foi quem não começou bem já que tanto Kimi Raikkonen que cravou o terceiro melhor tempo e Sebastian Vettel que cravou o quarto ficaram bem distantes das flechas de prata cerca de 1s. O time italiano para piorar a situação ainda viu Vettel para o carro na pista devido a problemas mecânicos, mas que não pareceram ser muito graves já que a alemão conseguiu voltar para a pista.

A terceira força do grid, que foi a equipe que mais trouxe novidades para este fim de semana, permaneceu distante dos lideres com Max Verstappen em quinto e Daniel Ricciardo em sexto, ambos que ficaram a cima de 1s atrás dos tempos de Hamilton e Bottas.

Na sétima e oitava colocação tivemos Kevin Magnussen e Romain Grosjean da equipe Haas, o piloto dinamarquês que conseguiu superar o tempo de seu companheiro de equipe acabou tendo que abandonar mais cedo a sessão por problemas no carro que aparente mente para ser na caixa de câmbio.

Nico Hulkenberg que já se tornou um nome constante a estar no top 10, conseguiu fazer o décimo tempo enquanto o russo Sergey Sirotkin que assumiu o lugar de Palmer na primeira sessão fez apenas o décimo nono tempo.

O único espanhol na pista na primeira sessão foi Carlos Sainz Jr que conseguiu fazer o décimo tempo ficando à frente da dupla da Force India.

Fernando Alonso que se quer conseguiu largar na última corrida por causa dos problemas do motor Honda, voltou a sofrer novamente, isso porque em sua primeira volta no circuito ele teve que parar o carro na curva 3 por causa de problemas mecânicos no MCL32, o carro que apresentou um abundante vazamento de óleo, com isso não foi possível Alonso retornar a pista, já que a equipe preferiu trocar o motor.

Diferente de Alonso, Stoffel Vandoorne teve uma sessão tranquila, conseguiu completar 24 voltas e marcar o décimo terceiro tempo ficando próximo dos tempos marcados pela dupla da Force India.




A segunda sessão de treinos por incrível que pareça não teve mudanças nas 6 primeiras posições, com Hamilton novamente dominando a sessão enquanto seu companheiro de equipe Valtteri Bottas seguia de perto porém desta vez a diferença subiu um pouquinho para quase 0,1s.

Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel conseguiram diminuir a diferença para dupla da Mercedes, e terminaram o dia à menos de 0,5s do melhor tempo. Max Verstappen e Daniel Ricciardo da Red Bull, também conseguiram reduzir a diferença para os líderes e ficaram à menos de 1s.

Se na primeira sessão tivemos as duas Haas na sétima e oitava colocação, desta vez na segunda sessão tivemos a dupla da Renault, com Nico Hulkenberg em sétimo e Jolyon Palmer oitavo.

O brasileiro Felipe Massa que havia feito apenas o décimo quarto tempo na sessão anterior conseguiu se recuperar e terminar a sexta-feira em Barcelona na nona colocação, enquanto seu companheiro de equipe, o novato Lance Stroll ficou apenas com o décimo sétimo tempo.

Carlos Sainz Jr que corre em 'casa', novamente conseguiu ficar no top 10, o espanhol que também causou uma breve bandeira vermelha após um pedaço de seu carro ficar pela pista.

Com um motor novo, Fernando Alonso que havia tido problemas no primeiro treino livre, conseguiu na segunda sessão completar 21 voltas, porém terminou o dia na última posição à 3,2s do melhor tempo enquanto seu companheiro de equipe Stoffel Vandoorne completou 36 voltas e ficou à 1,8s do melhor tempo.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário