Vettel fecha sexta-feira na frente mas Ferrari volta a ter problemas



E novamente deu Sebastian Vettel na ponta da tabela de tempos , entretanto a diferença dos três primeiros foram menos de 0,1s , sendo a diferença para Valtteri Bottas que fez segundo melhor de apenas 0,041s enquanto para Daniel Ricciardo que fez o terceiro tempo foi de 0,066s.

O  alemão da Ferrari que quando já estava no meio da sessão acabou vendo o seu carro apagar em plena reta, entretanto como o carro não estava muito longe dos boxes , os fiscais de pista deram uma força para o alemão , empurrando seu carro até o pit lane onde a equipe o esperava para rapidamente achar o problema é manda-lo para a pista novamente. Mesmo com o contra tempo Vettel voltou a pista e fez a simulação de corrida .

Kimi Raikkonen que devido a um problema no primeiro treino livre  acabou terminando a sessão na vigésima posição, conseguiu se recuperar na segunda sessão e cravou o quarto melhor tempo ficando á frente do inglês da Mercedes , Lewis Hamilton , que teve uma grande dificuldade em fazer os pneus super-macios funcionarem . Além disso Hamilton acabou sendo atrapalhado por Nico Hulkenberg da Renault quando estava em volta rápida e escapou para fora da pista , mas os comissários analisaram o incidente e viram que não era necessário qualquer tipo de penalização .

Em sexto lugar tivemos Nico Hulkenberg seguido de Felipe Massa, ambos foram os melhores de suas equipes.

Max Verstappen que fez um treino modesto ficando com o oitavo melhor tempo, o holandês que  passou boa parte da sessão nos boxes devido a um problema no assoalho , além disso ele foi o protagonista do momento mais controverso do treino, quando Bottas viu novamente o 'T-Wing' de seu carro cair na pista, porém diferente do ocorrido na China , Verstappen acabou pegando a peça na pista  o que lhe causou alguns danos em seu carro.

Romain Grosjean e Daniil Kvyat fecharam o top10.




Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário