Vettel bate recorde de Sochi e lidera segunda sessão de treino livre



A segunda sessão de treinos livres em Sochi, foi bem movimentada, já que de costume as equipes utilizam está sessão para fazerem suas simulações de corrida e também algumas voltas rápidas, como foi o caso de Sebastian Vettel que cravou o melhor tempo da sessão e de cara bateu o recorde da pista que era de Nico Rosberg. 

Kimi Raikkonen que havia liderado a primeira sessão, teve que se contentar em ficar com o segundo melhor tempo e assim completou a dobradinha da equipe italiana. Mas o que chamou a atenção é o quanto o carro da Ferrari consegue aquecer os pneus rapidamente e mantê-los em um nível ideal. 

A dupla da Mercedes, ficaram com o terceiro e quarto tempo, com Valtteri Bottas superando Lewis Hamilton, ambos que ficaram bem distantes do tempo de Vettel, o que mostra que a equipe prateada está tendo uma grande dificuldade em fazer os pneus ultra-macios funcionarem em Sochi.

As Red Bulls que são a terceira força do grid, ficaram com o quinto e sexto tempo, com Max Verstappen e Daniel Ricciardo, entretanto ambos ficaram a mais de 1s do melhor tempo da sessão. Além disso o piloto holandês teve que abandonar a sessão faltando 20 minutos devido a um apagão no motor. 

As últimas 4 posições do top 10, foram bem disputadas, entre Williams, Renault , Haas e Force India. Felipe Massa conseguiu mostrar um bom desempenho e fazer o sétimo tempo, enquanto Nico Hulkenberg novamente esteve na cola do brasileiro e ficou com o oitavo tempo. Magnussen conseguiu salvar o dia para a Haas e cravou um belíssimo nono tempo à frente da Force India de Sergio Perez que completou o top 10. 

A Mclaren teve uma sessão mais tranquila, com Fernando Alonso fazendo o décimo segundo melhor tempo e ficando à menos de 0,2s de entrar no top 10. Stoffel Vandoorne que vai perder 15 posições no grid de largada devido a troca de algumas peças no motor, conseguiu fazer o décimo sexto tempo .


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário