Robert Kubica volta a pilotar um monoposto


O ex-piloto de F1, Robert Kubica, após 6 anos, guiou pela primeira vez um monoposto desde que foi forçado a abandonar a sua carreira na F1 devido ao grave acidente que ele teve em 2011, quando disputava uma prova de rali. 

O polonês que guiou um carro da GP3, da equipe Trident, em um teste privado nesta última quarta-feira (19), chegou a completar 70 voltas no circuito de Franciacorta, na Itália. Kubica ficou muito feliz em poder voltar a ter a sensação de guiar um monoposto, porém assegurou que sua condição física ainda deve melhorar. 


"Estou de volta às águas que nadei por tantos anos. Devo dizer que a sensação é ótima. Fiquei surpreso, já que mesmo depois de tanto tempo, recordei rapidamente a sensação do asfalto e de outras coisas. Voltei a sentir a sensação que só um monoposto pode dar. Estou contente com o resultado, ainda que haja muitas coisas para melhorar, tanto na questão física, quanto na preparação, mas respeitando meus limites, acredito que ainda posso chegar a um nível melhor" - 
afirmou o ex-piloto de F1. 



"Eu fiz o teste em condições complicadas, já que o carro da GP3 não tem direção hidráulica, porém estou feliz por ter tido esta oportunidade" - concluiu Kubica.

Este ano, Robert Kubica estava pronto para disputar o campeonato de endurance (FIA WEC), com a equipe privada ByKolles na categoria LMP1, porém na véspera da primeira etapa, ele acabou desistindo, ninguém ainda sabe o porquê, já que nos testes que fez, no ano passado no Bahrein, chegou a ser mais rápido do que os pilotos que já estavam familiarizados com o equipamento. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário