Bottas brilha na Rússia e conquista sua primeira vitória na F1



E o GP da Rússia mostrou que a F1 este ano está bem imprevisível isso porque era esperado que as Ferrari dominassem a corrida com Vettel vencendo de ponta a ponta mas na prática não foi o que aconteceu, Valtteri Bottas que ficou ontem à 0,095s da pole position, conquistou neste domingo (30) a primeira vitória na carreira mostrando que ele tem talento para brigar pelo campeonato.

O piloto finlandês da Mercedes fez uma largada perfeita pulando de terceiro para primeiro e a partir dai comandou praticamente a corrida toda, já que o único momento que ele perdeu a primeira colocação foi quando ele foi para os boxes e Vettel assumiu a primeira posição porém durou poucas voltas já que o alemão também precisou parar. A Ferrari de longe tinha o melhor carro em pista e no final Vettel até pressionou Bottas mas não conseguiu fazer a ultrapassagem e teve que se contentar com a segunda colocação.

Kimi Raikkonen que completou o pódio na terceira colocação, não sabia o que era estar no pódio desde o GP da Áustria do ano passado, o Ferrarista que teve uma corrida bem tranquila já que sua posição em nenhum momento foi ameaçada.

Quem finalizou o fim de semana bem abaixo das expectativas foi Lewis Hamilton que durante a corrida teve dificuldade em acompanhar os três primeiros e terminou a corrida à 36s atrás de seu companheiro de equipe, além disso viu Vettel aumentar a diferença no campeonato para 13 pontos.

Max Verstappen que terminou na quinta colocação salvou a corrida para a Red Bull, já que Daniel Ricciardo acabou tendo que abandonar a corrida ainda no começo por causa de problemas no freio.

A dupla da Force India fez uma corrida muito boa terminando em sexto e sétimo lugar com Sergio Perez e Esteban Ocon , com isso a equipe indiana reforça ainda mais que eles são a quarta força do grid.

Nico Hulkenberg foi também uma grande surpresa na corrida, pois conseguiu ficar na pista com os pneus ultra-macios por 46 voltas, o que mostra que a Renault conseguiu neste pouco resolver o problema de desgastes de pneu e com isso podemos apostar que eles vão iniciar a parte europeia da temporada da F1 com um bom rendimento.

Felipe Massa terminou a corrida na nona colocação ele que passou grande parte da corrida figurando na sexta posição sendo o melhor do resto porém um problema em um dos seus pneus, fez com que ele fizesse outro pit stop o que lhe custou três posições, mas conseguiu terminar na zona de pontuação enquanto seu companheiro de equipe Lance Stroll que rodou sozinho após a largada cruzou a bandeirada na décima primeira posição completando assim a sua primeira corrida na categoria.

Fechando o top 10 tivemos Carlos Sainzr Jr que apenas ganhou a posição de Ricciardo que abandonou a prova, algo que chamou a atenção também foi que Sainz Jr, Stroll, Kvyat e Magnussen que largaram nessas posições terminaram da mesma forma ganhando apenas a posição de Ricciardo.

Stoffel Vandoorne junto de Stroll completou a sua primeira corrida nesta temporada seguido das duas Sauber com Marcus Ericsson à frente de Pascal Wehrlein.

Além de Daniel Ricciardo tivemos outros três abandonos, o primeiro foi antes mesmo da largada, com Fernando Alonso parando seu carro na entrada do box quando vinha para alinhar seu carro no grid,  o que causou outra volta de apresentação. Os outros dois abandonos foi na largada quando Jolyon Palmer e Romain Grosjean se bateram causando assim um safetycar.

A próxima etapa será na Espanha daqui duas semanas, onde teremos muitas equipes levando atualizações como é o caso da Red Bull que pretende levar uma versão B do RB13.





Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário