Hamilton voa na Austrália e crava a primeira pole do ano


E novamente Lewis Hamilton conquista a pole position na Austrália, só que desta vez cravando a volta mais rápida do circuito com 1min22.188s. O britânico que não teve uma vida fácil para anotar a sua 62ª pole position na carreira, já que teve Valtteri Bottas e Sebastian Vettel como rivais, entretanto o talento do britânico falou mais alto que os dos concorrentes e não deu chances a ele. Entretanto o que podemos notar é que a Ferrari reduziu e muito a vantagem para a Mercedes, já que Sebastian Vettel que cravou o segundo melhor tempo, ficou à 0,268s, do tempo da pole position, o que mostra que a Mercedes não terá vida fácil para conquistar  a vitória nesta primeira etapa.

Valtteri Bottas que no final foi superado por Sebastian Vettel, por menos de 50 milésimos , irá largar na terceira colocação, na segunda fila , ao lado de seu compatriota Kimi Raikkonen que marcou o quarto tempo. O finlandês da Ferrari que em nenhum momento se mostrou competitivo para brigar pelo pole position, ele que ficou à quase 1s de diferença do tempo de Hamilton e quase 0,6s do tempo de seu companheiro de equipe. 

O quinto colocado como era esperado, foi Max Verstappen que sem pode fazer muito ficou à 1,3s do tempo da pole, o que mostra que a Red Bull não evoluiu o necessário para ameaçar a Mercedes. Logo atrás do jovem holandês, tivemos Romain Grosjean da Haas mostrando que a equipe norte-americana pretende pelo menos nesse início de temporada brigar pelo quarto posto. 

Felipe Massa que viu seu companheiro de equipe ficar ainda no Q1, conseguiu salvar o dia para a Williams, fazendo o sétimo tempo, à frente da dupla da Toro Rosso que ficaram bem colados nele, com Carlos Sainz Jr em oitavo e Daniil Kvyat em nono, a diferença de ambos para Felipe foi menos de 1 décimo, o que mostra que amanhã a corrida tem tudo para ser bem disputada no pelotão intermediário. 



O último lugar do top 10, ficou com Daniel Ricciardo, que sequer conseguiu marcar tempo, isso porque ele acabou batendo o carro na saída da curva 14, o que causou por alguns minutos, a bandeira vermelha. 

A Mclaren, mesmo não indo ao Q3, tem muito que comemorar se pensarmos no desastre que foi a pré-temporada da equipe de Woking, Fernando Alonso conseguiu ir ao Q2 e fazer o décimo terceiro tempo, enquanto seu companheiro de equipe que reclamou de problemas mecânicos não passou do Q1 e largará na décima oitava colocação, ficando à frente apenas de Lance Stroll da Williams e Jolyon Palmer da Renault.

Lembrando que para o grid de largada teremos uma mudança nas duas últimas colocação, com Lance Stroll caindo para último, e Jolyon Palmer subindo para décimo nono. O piloto canadense que bateu no terceiro treino livre, precisou de trocar o câmbio do seu FW40 e com isso perderia 5 posições no grid de largada, porém como ele só ficou à frente de Palmer, acabou até que saindo no lucro já que perderá apenas um posição no grid.

A globo que transmitirá o GP da Austrália a partir das 2h da manhã na madrugada deste domingo no horário de Brasília.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário