Wolff descarta Ricciardo,Verstappen e Vettel e brinca: 'Raikkonen e Kvyat ainda não me ligaram'


Neste sábado em Sindelfingen no pré-evento de celebração de final de ano da Mercedes, Toto Wolff confirmou as palavras aquilo que Niki Lauda havia dito, que muitos pilotos já se ofereceram para assumir o lugar de Nico Rosberg na Mercedes em 2017, porém disse que apenas Raikkonen e Kvyat não ligaram ainda. 

"As únicas pessoas que ainda não nos ligaram foram Raikkonen e Kvyat. Todos os outros já ligaram, incluindo Pastor Maldonado", disse de forma bem humorada ao site 'Auto Motor und Sport'.

Toto Wolff também brincou quando foi questionado se na última meia hora havia recebido  ligação de algum piloto: "Sim, apenas um. Vitaly Petrov". 

A vaga que se abriu na Mercedes é de fato a mais cobiçada dos últimos anos na F1 e claramente até pilotos que não estão hoje no grid da categoria devem estar de olho.Porém Toto Wolff em um tom mais sério já descartou a possibilidade da dupla da Red Bull e até Sebastian Vettel em assumir a vaga deixada por Rosberg. 

"Existem alguns candidatos que não estão claramente disponíveis que são Max Verstappen e Daniel Ricciardo da Red Bull e Sebastian Vettel. Todos os outros vamos analisar".

O austríaco também confirmou  que a possibilidade de promover um dos jovens pilotos do programa da Mercedes, no caso seria Pascal Wehrlein ou Esteban Ocon, mas ressalta a questão da experiência e prefere analisar as outras opções para poder tomar uma decisão. 

"Temos um programa de jovens pilotos e contamos com dois pilotos que na minha opinião, são os jovens mais talentosos que há. Seria emocionante ter um deles no carro".

"Muitos pilotos querem correr pela Mercedes, mas alguns têm contrato em vigor. Temos os nossos jovens talentos, mas existem outras opções com mais experiência. Teremos que ver quem está disponível e tomar uma decisão o mais rápido possível", disse Wolff.

Wolff também foi questionado pela site 'MARCA 'sobre a possibilidade de Alonso na Mercedes e da complicada relação que houve entre o espanhol e Hamilton em 2007.

"Esse é um território o qual eu não quero entrar.", concluiu.
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário