Para Alonso não é um alivio ver a Ferrari ficar sem vencer


E o espanhol , Fernando Alonso, ex-piloto da Ferrari, insiste que não está satisfeito com a atual situação da Scuderia Ferrari, mesmo hoje não sendo mais um piloto da equipe italiana. Alonso que foi piloto da Ferrari entre 2010 e 2014, porém teve quis deixar a equipe dois anos antes do final do seu contrato, isso após ter conquistado três vice-campeonatos algo que para ele nunca foi o objetivo, já que seu objetivo era conquistar o seu terceiro título pela Scuderia Ferrari.

Nesta temporada o objetivo da Ferrari era lutar por vitórias com Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen desde a primeira corrida, porém depois de 12 corridas não chegaram perto de vencer uma corrida e ainda por cima viram a Red Bull tomar a segunda posição no campeonato de construtores.

"Eu tive razão em 2014 e ainda sinto que tenho. Eu tinha mais dois anos de contrato com a Ferrari, mas fiz o correto de não seguir. Os resultados da Ferrari mostram que eu fiz a escolha certa em voltar para a Mclaren", afirmou o espanhol.

"Não importa os resultados de 2015,2016 e no do futuro.... O minha passagem por ali foi fantástico, e eu queria terminar com essa sensação fantástica".

"Cada ano que passava era mais estressando, pois não estava ganhando e parece que é sua culpa, o que fazia com que o estresse aumentasse. No entanto, agora não é um alivio que eles não estão ganhando. Não desejo mal algum a Ferrari, porque é uma equipe que sempre estará em meu coração ".

O bicampeão também insistiu que a Mclaren, é a única equipe capaz de por fim ao domínio da Mercedes na F1 e que está otimista sobre o projeto da Mclaren-Honda.

"Em minha opinião, no futuro, as únicas equipes que podem me dar o terceiro campeonato mundial é a Mclaren-Honda ou a Mercedes. Essa é o sentimento que tenho agora", concluiu Alonso.
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário