Rosberg faz a pole position para o GP de Sochi e Hamilton volta a ter problemas


E pela segunda vez consecutiva Nico Rosberg irá largar na pole position, enquanto Lewis Hamilton terá que largar no meio do pelotão devido a um problema no motor que o obrigou a ficar de fora da disputa pela pole position assim ele deverá largar na décima colocação. Para Rosberg esse problema que seu companheiro de equipe teve foi muito bom pois assim ele acabou terminando o Q3 mais cedo já que não havia rival algum que puderá ameaça-lo.

As Ferrari em nenhum momento da classificação mostraram um ritmo bom que preocupasse a Mercedes, porém Vettel como de costume sempre que á um problema em alguma Mercedes ele assume o segundo lugar, porém na largada de amanhã ele não estará ao lado de seu compatriota da Mercedes, já que recebeu uma punição de 5 posições devido a troca da caixa de câmbio assim ele deverá largar na sétima colocação 3 posições à frente de Lewis Hamilton. Com isso quem levou a melhoram os finlandês principalmente o da Williams, Valtteri Bottas que conseguiu fazer o terceiro melhor tempo amanhã largará na segunda posição ao lado de Rosberg seguido pelo seu compatriota da Ferrari Kimi Raikkonen que marcou o quarto melhor tempo mas irá largar na terceira posição, é esperado que a Ferrari tenha um melhor ritmo na corrida pois caso não houver essa melhora a Williams pode garantir o seu primeiro pódio na temporada com Bottas e até mesmo com o brasileiro Felipe Massa que largará na quarta colocação amanhã.

A dupla da Red Bull que vinha brigando com a Williams para serem a terceira força tive um ritmo muito abaixo do esperado tendo Daniel Ricciardo marcando o sexto tempo e Daniil Kvyat o piloto da casa marcando apenas o oitavo tempo.

Quem surpreendeu mesmo foi Sergio Perez, que mesmo tendo um carro inferior aos de seus concorrentes conseguiu cravar o sétimo melhor tempo da sessão e largará amanhã na sexta posição, caso ela tenha a mesma sorte e o mesmo ritmo bom na corrida igual teve em 2015 é capaz dele conseguir novamente um pódio na Rússia.

Max Verstappen conseguiu fazer o nono melhor tempo enquanto seu companheiro de equipe fez apenas o décimo primeiro tempo.

A equipe que não gostou nada do resultado da classificação foi a Mclaren que mais uma vez não chegou a ir para o Q3 tendo Button em décimo segundo e Alonso em décimo quarto logo à frente da dupla da Haas.

O brasileiro Felipe Nasr conseguiu fazer o décimo nono tempo logo atrás de Jolyon Palmer da Renault ambos que disputaram o título da GP2 em 2014 porém foi Palmer quem levou a melhor, assim então amanhã poderemos ver no fundo pelotão está disputa novamente entre eles só que agora num nível e condição diferentes.

A decepção ficou por conta de Marcus Ericcson companheiro de Felipe Nasr na Sauber , isso porque ele chegou a ficar uma posição atrás de seu companheiro porém a dupla da Manor o derrubou para a última colocação.

Com o resultado da classificação é esperado que amanhã a corrida que era para ser monótona e chata vai ser pelo menos nas primeiras voltas bastante emocionante já que Bottas e Raikkonen que se estranharam na ultima volta do GP da Rússia do ano passado vão largar praticamente um do lado do outro além também é claro da recuperação que Vettel e Hamilton terão que fazer para tentar subir ao pódio amanhã e se tiveram muita sorte até vencer a corrida.




Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário