Equipes clientes não poderão receber motores antigos em 2016


A FIA anunciou hoje a aprovação do regulamento que estabelece que todas as equipes clientes deverão utilizar os mesmos motores com a mesmas especificações que os fabricantes (Mercedes,Ferrari, Renault e Honda) fornecerem às suas equipes principais.

Com a aprovação deste regulamento a Ferrari que iria fornecer motores de 2015 para a Toro Rosso em 2016 , já não poderá fazer mais isso. Além disso Ecclestone e a FIA vão ajudar a Red Bull nas negociações para terem um motor para 2016 já que a Ferrari e a Mercedes se negaram a dar um motor a eles.

De acordo com o artigo 23.5 do novo regulamento, “apenas unidades de potência que são idênticas à unidade de potência que foi homologada pela FIA pode ser usada em um evento durante as temporadas de 2016 à 2020".

Os regulamentos impedem assim que qualquer fabricante forneça motores com especificações deste ano para a próxima temporada, tendo de entregar às equipes clientes propulsores semelhantes aos que forem homologados até 28 de fevereiro.

É lógico que sempre haverá diferenças, seja pelo mapeamento do motor ou pelos combustíveis utilizados, campo que vem tendo grandes evoluções nos últimos anos, porém espera-se com isso que a categoria venha ter mais disputas ano que vem onde as equipes clientes possam bater de frente com as equipe principais.

A FIA lembra que o regulamento pode de ser alterado, embora apenas, como sublinha, “com o acordo unânime de todas as equipas inscritas no campeonato de 2016”.
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário