Alonso perde um pouco de fé no tricampeonato na F1 e afirma "Há outras categorias para ser campeão do mundo"


Hoje completa 10 anos do primeiro título mundial de Fernando Alonso, o espanhol que desde que deixou a Renault nunca mais foi campeão do mundo, até chegou perto nas temporadas de 2007 quando guiou pela primeira vez pela Mclaren e nas temporadas de 2010 e 2012 quando guiou pela Ferrari, ele que acabou não sendo campeão nessas temporadas por uma pequena quantidade de pontos o que deve amargar ainda mais.

Fernando Alonso que hoje tem 34 anos, ainda acredita que possa chegar ao tricampeonato, porém lembra que há outras categorias no mundo onde ele possa ser campeão.

"Eu espero voltar a ser campeão do mundo. Parece que já se passaram mais anos do que realmente passou. Parece que já foram 20 anos desde que venci meu primeiro título", desabafou Alonso.

"Na Rússia acredito que irei completar a marca de 250 GPs. Por isso, dez anos não é nada. Espero poder ganhar mais um título na F1, mas se não for aqui há outras categorias para ser campeão do mundo e eu ainda tenho mais alguns anos ", concluiu o bicampeão.

Vamos lembrar que no começo deste ano a Porsche havia convidado Alonso para guiar por eles nas 24 horas Le Mans pela categoria LMP1, porém a Mclaren não o liberou e assim vimos por coincidência outro piloto de F1, Nico Hulkenberg, que aceitou o convite da Porsche e acabou ganhando as 24 Horas de Le Mans pela primeira vez.
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário