Lotus quita sálarios atrasados de Kimi Raikkonen


O CEO da equipe Lotus , Matthew Carter, revelou que a sua equipe finalmente quitou a divida de  US$ 35 milhões (R$ 92,8 milhões) com Kimi Raikkonen que disputou os temporadas de 2012 e 2013 pela equipe de Enstone. Os dirigentes da Lotus F1Team que haviam concedido um bônus bem generoso quando Raikkonen tinha sido recrutado no final de 2011, entretanto este bônus se voltou contra eles.
" A nossa situação com os credores está bem melhor em comparação ao começo do ano. E graça a nossa melhora financeira pudemos pagar o que devíamos a Kimi Raikkonen, que representava uma grande porcentagem das nossas dívidas". disse Carter em entrevista a revista alemã "MotorSport-Total".
Carter também disse que a equipe não está na beira de um colapso financeiro como todos vivem dizendo.
" Todo mundo pensa que a Lotus está à beira do colapso financeiro, mas posso garantir a você que este não é o nosso caso. Chegamos agora a um equilíbrio financeiro. O plano nosso era pagar as dívidas antes de nos concentrarmos em resultados esportivos. " confirmou.
A MotorSport Total também destacou para 2015 a equipe Lotus receberá um grande apoio de seu patrocinadores, entre eles a Rexona,Burn e a Microsoft. A PDVSA irá fornecer a equipe os óleos, o combustível além dos £$ 15 milhões (R$ 62,1 milhões). 
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário