Montezemolo afirma " Senna queria vir para a Ferrari"


Na véspera de se completar 20 anos da morte de Ayrton Senna, o atual presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, admitiu que apreciava o estilo de pilotagem de Ayrton, e revelou que o piloto brasileiro poderia ter terminado a sua carreira na Scuderia Ferrari.

“Ele queria vir para a Ferrari e eu o queria na equipe. Quando ele estava na Itália para o GP de San Marino , nós nos encontramos na minha casa em Bologna na quarta-feira dia 27 de Abril . E ele me disse que realmente apreciou a posição da equipe contra o uso excessivo de ajudas eletrônicas para a condução, já que aquelas ajudas não permitiriam suas habilidades brilharem”.

"Nós conversamos por um longo tempo e ele deixou claro para mim que ele queria terminar sua carreira na Ferrari, depois de ter chegado perto de se juntar a nós, poucos anos antes. Combinamos de nos encontrar novamente em breve, para então vermos como nós poderiamos superar as suas obrigações contratuais na época. Nós dois estávamos de acordo que a Ferrari seria um lugar ideal para ele continuar a sua carreira, que até à data tinha sido brilhante".

"Mas infelizmente, o destino roubou de nós Ayrton e Roland Ratzenberger naquele  fim de semana que foi o mais tristes da história da F1. Do Senna, lembro-me de sua bondade e de sua natureza quase tímida e simples, que estava quase sempre em contraste com Senna o piloto , que batalhava sempre e visa o melhor. " concluiu Montezemolo.

Fonte: http://formula1.ferrari.com/
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário